Tive uma namorada chamada Celina...

A Celina adoeceu...
Levei-a ao médico e depois fiquei a tratar dela.
A partir daí, dizia ela, fiquei com um comportamento estranho...
De manhã uma queca, ao meio-dia outra, ao lanche mais uma e à noite mais outra...
A Celina já estava farta daquilo...
- Ó António, eu gosto muito, mas como estou doente, tu não devias fazer amor comigo tantas vezes, num só dia!
- Estou a fazer o que o médico mandou, diz aqui na receita médica:
"Pina a celina" 4 vezes por dia!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bem Vindo...