Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Tempos Modernos - Cinderela adaptada.

Há bués da time havia uma garina cujo cota já tinha esticado o pernil e que vivia com a chunga da madrasta e as melgas das filhas dela. A Cinderela, Cindy p'ós amigos, parecia que vivia na prisa, sem tempo para sequer enviar uns mails.
Com este desatino só lhe apetecia dar de frosques, porque a madrasta fazia-lhe bué de cenas. É então que a Cindy fica a saber da alta desbunda que ía acontecer: uma party!!!
A gaja curtiu tótil a ideia, mas as outras chavalas cortaram-lhe as bases.
Ela ficou completamente passadunte, mas depois de andar à toa durante um coché, apareceu-lhe uma fada baril que lhe abichou uma farda baita bacana e ela ficou a parecer uma g'anda febra. Só que ela só se podia afiambrar da cena até ao bater das 12. A tipa mordeu o esquema e foi para a borga sempre a abrir.
Ao entrar na party topou um mano cheio do papel, que era bom comó milho e que também a galou.
Aí a Cindy passou-se dos carretos e desbundaram "ól naite long" até que ao ouvir as 12 ela tev…
Mensagens recentes

A Experiência...

Hoje tive uma experiência maravilhosa, que quero compartilhar com todos vós…
Numa Livraria, junto à secção de livros religiosos, encontrei um adesivo para o carro que dizia:
"Se Amas Deus, toca a buzina"
Como tive um dia bastante difícil, decidi comprá-lo e colocá-lo na traseira do meu carro.
Ao sair, cheguei a um cruzamento muito complicado, com muitos veículos.
Fiquei ali parado, porque a luz estava vermelha, pensando no Senhor e nas coisas boas que dele tenho recebido…
Não percebi que a luz tinha ficado verde, mas descobri que há muita gente que ama o Senhor, porque imediatamente começaram a buzinar... Foi maravilhoso!
A pessoa que estava atrás de mim era, com certeza, muitíssimo religiosa, porque tocava a buzina insistentemente e gritava:
"Pelo amor de Deus!" - Incentivados por ele, todos começaram a buzinar. Eu sorri-lhes e saudava com a mão pela janela, totalmente emocionado.
Vi que outro rapaz me acenava de uma maneira muito especial levantando só o dedo méd…

Noite Erótica do Jetset!

-Olá! Conta-me tudo! Como correu o teu encontro de ontem à noite?
-Horrível! Não sei o que se passou!
-Porquê?... Não te deu nem um beijo?
-Sim deu! Beijou-me tão forte e mordeu-me os lábios com tanta força que pensei que me ia saltar o implante de colagénio! Depois começou a acariciar-me o cabelo e soltaram-se algumas extensões que tinha.
-Não me digas que terminou aí?
-Nãooo...!! Depois agarrou-me a cara entre as mãos, até que tive que lhe pedir para parar porque estava a espalhar o botox! Além disso, as minhas pestanas postiças ficaram coladas ao seu nariz.
-E não tentou mais nada?
-Sim... começou a fazer-me festas nas pernas. Tive que o travar porque me lembrei que não tinha tido tempo de fazer a depilação e ao tentar pará-lo, saltaram-me duas unhas de gel. Depois deu-lhe um ataque de luxúria arrebatador e abraçou-me com tanta força que quase mudou a forma dos meus implantes de silicone.
-E depois o que aconteceu mais?
-Pôs-se a beber champanhe do meu sapato!
-Ai... que romântico!

Sabia que...

Sabias que no corpo humano há um nervo que conecta o Olho ao Ânus?
É o chamado Anal Optic Nerve, e é o responsável por dar às pessoas, uma perspectiva de merda na vida.
Se não acreditas, puxa um fio de cabelo do ânus e vê se ele não te traz uma lagrimita ao olho!

Feira Popular

O que eu me tenho divertido na Feira Popular, é a Roda Gigante, é o passeio nos Lagos, e os restaurantes são do melhor, ainda bem que começaram as obras em 2016.
Nunca me passou pela cabeça que a Feira ficasse tão bonita. É ver as crianças acompanhadas pelos pais, a divertirem-se, assim dá gosto.
A Pontinha ficou no Centro de Lisboa.
O novo campo do CAC ficou muito bonito, bem como a área envolvente. Tudo circula na normalidade, tirando aquele pilar da ponte pedonal que faz a ligação do metro com o Parque de estacionamento, que ficou no meio da estrada (roubando uma faixa), mas certamente vão corrigir.
O Parque de estacionamento vertical com vários andares, permite-nos agora estacionar, para ir confortavelmente para o Metro, e não como antigamente, que estacionavam de uma forma selvática, bloqueando os seus acessos.
Obrigado por esta fantástica obra!
P.S. O Mercado finalmente desapareceu!
António Lopes - Ano de 2055

Humorista Gourmet Performance

Humor - Comédia - Stand Up Comedy

Grande Público

Com este fantástico Público, o Espetáculo fica mais fácil!